Paixão Nacional

Neymar: o melhor jogador do mundo no momento

Neymar vive grande momento na carreira (Foto: Buda Mendes/Getty Images)
Neymar vive grande momento na carreira (Foto: Buda Mendes/Getty Images)

Por Bruno Magalhães

Neymar é o melhor jogador do mundo. Eu sei que não para a Fifa, que premiou Cristiano Ronaldo como o bola de ouro da última temporada. Também não ouso dizer que o brasileiro seja o melhor de 2017. Somados os três meses do ano, Messi, companheiro de Barcelona, jogou mais bola e tem números melhores que ele. Mas, no mês de março, não há dúvidas: o brasileiro é quem melhor pratica futebol no planeta.

Antes de embasar com números, me restrinjo a buscar rapidamente na memória partidas em que o brasileiro foi protagonista. Ou melhor, um verdadeiro artista. E com duas camisas diferentes.
No Barcelona, bola na rede em cobrança de falta e atuação decisiva na vitória por 6 a 1 sobre o Sporting Gijón. Três dias depois, o gol antológico. Após passe de Messi, um magistral toque por cobertura sobre o goleiro. Foi o segundo dos catalães sobre o Celta no Camp Nou. A partida terminou 5×0 para os donos da casa. Substituído no fim, Neymar foi aplaudido de pé pelos torcedores. ‘Bárbaro’ estampava o jornal Marca no dia seguinte do duelo.

Já era o bastante para comprovar a boa fase, no entanto, acreditem (!!!), o melhor estava por vir. A derrota por 4 a 0 para o PSG, ainda em fevereiro, no jogo de ida das oitavas de final praticamente sacramentou a desclassificação do Barcelona da Liga dos Campeões. Os catalães precisariam fazer cinco e não sofrer gols para levar a vaga na Espanha. A equipe chegou a abrir 3 a 0, mas na segunda etapa Cavani marcou para os franceses. Seria o fim? Não para quem tem Neymar no time. Gol de falta, outro de pênalti e uma assistência espetacular para o tento de Sergi Roberto. 6 a 1. Tudo isso em sete minutos. Barcelona nas quartas! ‘Herói, estrela, fantástico…Bendito Neymar’ publicaram alguns jornais pelo mundo.

Na partida seguinte, porém, o Barça perdeu. Só que sem seu principal jogador: (não é errado dizer) Neymar. Sem o camisa 11, derrota para o La Coruña por 2 a 1. Sintomático?
Mais um jogo pelo clube – 4 a 2 no Valência – e então agora com a camisa 10 – da Amarelinha -, o craque se apresentou à Seleção. Uruguai e Paraguai pela frente. 4 a 1 e 3 a 0. Gol – mais um por cobertura – e protagonismo no estádio Centenário. Gol e protagonismo na Arena Corinthians. Brasil na Copa do Mundo!

Prometi embasamento com números – acredito que não fosse mais preciso diante dos fatos acima -, mas aqui vai:

Em março 
– Seis jogos
– Seis gols
– Cinco assistências
– Duas classificações sendo o principal jogador – Barça na Champions, Brasa na Copa

Números abusivos. Participação direta em pelo menos dois gols por jogo em que esteve em campo. Enquanto isso, um dos seus principais concorrentes não goza da mesma boa fase de outrora: CR7. E Messi, com atuações aquém do brasileiro, já foi alvo de críticas da imprensa espanhola em jogo de caráter decisivo, como contra o PSG. Cavani, artilheiro do ano, segue marcando gols, mas tem pesando contra si os maus resultados de PSG e da seleção uruguaia. No mais, não vejo concorrentes à altura de Neymar Júnior no momento. E como a velha máxima diz que futebol é momento, logo Ney é o melhor do mundo.


Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP
;