Brasil de Ouro

Segundo agência de notícias, operário morre durante desmontagem de instalação olímpica

Comitê Rio 2016 afirma que a responsabilidade é das empresas contratadas

Brasil de Ouro POR Conteúdos Especiais
(Foto: Chris McGrath/Getty Images)
(Foto: Chris McGrath/Getty Images)

Um homem morreu eletrecutado e outro perdeu a perna durante acidentes nas desmontagens das instalações olímpicas para os Jogos Rio 2016. De acordo com a Agência Reuters, o falecimento aconteceu na Zona Oeste da cidade, enquanto o outro acidente ocorreu em Copacabana. O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos confirmou a informação disse que a responsabilidade de falhas é das empresas contratadas. Ambas as vítimas eram operários terceirizados.

Basquete, vôlei, futsal, natação ou atletismo? Qual o seu esporte favorito? Clique, nos conte e ganhe um benefício exclusivo.

Ainda segundo a Reuters, a segurança dos trabalhadores está ameaçada desde que o Comitê dispensou mais de 100 fiscais de segurança do trabalho que acompanhariam todo o processo de desinstalação dos Jogos. O diretor de comunicação do Rio 2016, Mario Andrada, afirmou que os acidentes ocorreram por possíveis falhas nos canteiros.

“A gente não tinha nenhum controle sobre essas ocorrências; foram em instalações nossas em operações terceirizadas e nos dois acidentes ocorreram erros primários. A culpa não é nossa, é de quem contrata os funcionários, seja ele de menor ou maior qualidade”, disse Andrada à Reuters.

Em entrevista a Reuters, a procuradora do Ministério Público do Trabalho, Viviann Mattos, afirmou que o contratante do serviço terceirizado tem a obrigação de fiscalizar o trabalho que está sendo realizado.

“Quando você contrata um terceirizado, você tem que fiscalizar e ficar atento para saber se está cumprindo a lei… contratar alguém menos preparado e qualificado. No fim das contas, chegando ao Judiciário, há responsabilização sim do contratante (Comitê)”, explicou Mattos.

Na última quarta-feira (5), alguns funcionários de uma empresa terceirizada fizeram um protesto na porta do Comitê para cobrar os atrasos de pagamentos. O Rio 2016 admitiu o problema, mas garantiu que será resolvido.

VEJA MAIS! De volta às origens, André Brasil visita escola onde começou na natação!


Notícias

Brasil de Ouro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP
 ;