Futebol Brasileiro

5 mudanças que podem fazer o Vasco deixar a má fase e reagir na reta final da Série B

Cruz-Maltino vive fase complicada na competição e tenta superar mau momento

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
(Crédito: Carlos Gregório Jr/Vasco)
Jorginho enfrenta pressão no Vasco (Crédito: Carlos Gregório Jr/Vasco)

Perda da liderança da Série B e distância para o primeiro time fora do G-4 diminuindo a cada rodada. O segundo semestre do Vasco pode ser considerado um pesadelo. Com três derrotas nos últimos quatro jogos, o Cruz-Maltino oscila na competição e busca forças para voltar à boa fase. O Esporte Interativo separou cinco mudanças que podem fazer a equipe superar a má fase.

O Esporte Interativo quer saber o seu time. Nos conte e ganhe um benefício exclusivo!

1 – Corrigir o sistema defensivo

Dos 10 primeiros colocados da Série B, só CRB (45) e Criciúma (36) sofreram mais gols que o Vasco (35). Antes o ponto forte da equipe, o sistema defensivo virou dor de cabeça. A queda de rendimento individual e coletivamente é evidente, e Jorginho precisa ajustar a defesa que sofreu oito gols nos últimos quatro jogos.

2 – Dar mais chances aos garotos

Alguns jovens jogadores já demonstraram talento e poderiam ganhar mais oportunidades com Jorginho. O lateral esquerdo Alan teve algumas boas atuações, mas ficou no banco de reservas nos últimos jogos para o titular Júlio César, que tem sido um dos mais criticados pela torcida. O volante Andrey é outro que poderia reforçar um setor que é motivo de preocupação para os vascaínos.

3 – Volta de Douglas

Muito elogiado por Jorginho, o volante Douglas foi um achado. Jogando de cabeça em pé, o garoto desfalcou a equipe nos últimos jogos pois foi campeão com a seleção brasileira sub-20 no Torneio Quadrangular de Seleções. De volta à equipe, o jovem meio-campista tem tudo para melhorar a saída de bola do time.

4 – Voltar a encher São Januário

Apesar de ter uma das maiores torcidas do Brasil, o Vasco tem apenas a sétima melhor média de público da Série B. O alto preço dos ingressos, o mau momento do time, o horário dos jogos à noite e carência de boas opções de transporte público são problemas constantemente apontados pelos torcedores.

5 – Testar a equipe com apenas Éderson no ataque

Dos jogadores de ataque, apenas Éderson vive boa fase, com oito gols em 17 jogos. Thalles e Leandrão receberam muitas chances no time titular, mas estão longe de convencer o torcedor. Já Júnior Dutra, que chegou ao clube no meio da temporada, ainda oscila. Pode ser interessante testar o meio-campo com cinco jogadores da posição, tendo Éderson como o único atacante.

A cobertura completa sobre o futebol brasileiro você confere nos canais Esporte Interativo

Bernardo diz ter arrependimento por situações extra-campo: ‘Acordei para a vida’



Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP
 ;