Futebol Brasileiro

Após acidente, Nacional-COL abre mão da Sul-Americana em favor da Chapecoense

Tragédia em queda de avião vitimou jogadores, comissão técnica e diretoria da equipe catarinense

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Time comandado pelo técnico Reinaldo Rueda deve desistir da conquista da Copa Sul-Americana (Foto: Getty Images)
Time comandado pelo técnico Reinaldo Rueda deve desistir da conquista da Copa Sul-Americana (Foto: Getty Images)

A disputa do título da Copa Sul-Americana ficou completamente em segundo plano após o acidente aéreo que vitimou 75 pessoas no trajeto a caminho da Colômbia, entre atletas, comissão técnica e diretoria da Chapecoense, além de jornalistas, convidados e tripulantes. Apesar disso, o Atlético Nacional-COL, que enfrentaria a equipe catarinense na decisão a partir de quarta-feira (30), decidiu por abrir mão de jogar a final em favor do adversário.

O jogo de ida da final ocorreria no estádio Atanasio Girardot, para onde a delegação alviverde se dirigia a partir de São Paulo, com uma escala na Bolívia, justamente de onde partiu o voo fretado que se acidentou na região do município de La Ceja, mas, após a tragédia que matou 75 pessoas, entre atletas, comissão técnica, diretoria, jornalistas e convidados, a própria Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) havia declarado suspensas todas as suas atividades em sinal de luto.

Confira na íntegra a nota oficial do Atlético Nacional:

A dor aperta profundamente os nossos corações e invade de luto nosso pensamento. Foram horas lamentáveis em que estivemos consternados com uma notícia que nunca queríamos ter escutado. O acidente de nossos irmãos de futebol da Chapecoense nos marcará em toda vida e desde já deixará uma marca indelével no futebol latino-americano e mundial. Tudo isso foi completamente inesperado, por isso a dor. Se tratavam todos eles, jogadores, corpo técnico, jornalistas e tripulação, de pessoas com muitos sonhos, por isso o choro.

O lamento mundial também se estendeu a toda a família Verdolaga, que desde seus patrocinadores, diretoria, corpo técnico, jogadores, administração e torcida, manisfestaram a tristeza e o desespero pelo absurdo. A solidariedade não se fez esperar e de nossa parte acompanhamos de forma profunda o falecimento de todos os irmãos que nos abandonaram, que junto de nós e seus familiares, compartilhávamos uma grande ilusão de ser campeões continentais da Copa Sul-Americana.

Por estarmos muitos preocupados com a parte humana, pensamos no aspecto competitivo e queremos publicar este comunicado em que o Atlético Nacional pede à Conmebol que o título da Copa Sul-Americana seja entregue à Associação Chapecoense de Futebol como láurea honorável a sua grande perda e em homenagem póstuma às vítimas do fatal acidente que atinge nosso esporte. De nossa parte, e para sempre, Chapecoense Campeã da Copa Sul-Americana 2016.



Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP