Futebol Brasileiro

Atacante revela que Atlético Nacional usava mesmo avião e cobra 'mais recursos'

Miguel Borja revelou que clube viajava na mesma aeronave

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
(Foto: Gabriel Aponte/Getty Images)
Jogador revelou receio com viagens (Foto: Gabriel Aponte/Getty Images)

A tragédia envolvendo a Chapecoense era praticamente anunciada. Foi este o tom da entrevista do atacante Miguel Ángel Borja, destaque do Atlético Nacional-COL, à Win Sports. O camisa 9 revelou que o clube usou o mesmo avião algumas vezes e brandou por mais estrutura para os jogadores sul-americanos.

“É lamentável o que aconteceu, mudou a vida de todos. Nós já viajamos neste avião, conhecíamos até a tripulação. Tomara que agora que isso aconteceu as equipes tenham a consciência de melhorar as condições (de viagem), porque várias vezes paramos para abastecer quando voamos com este avião”.

“Tivemos medo, porque o avião é muito pequeno, muitas vezes parou em aeroportos para abastecer, porque não alcançaria o destino final. Queremos que a federação, que a Conmebol nos deem mais recursos para viajarmos com mais segurança e comodidade”.

Entenda o acidente:

Ainda na madrugada desta terça-feira (29), a Rádio Caracol, da Colômbia, noticiou que a aeronave modelo RJ 80 sumiu dos radares nos arredores do município de Rionegro. O avião de matrícula CP2933 decolou da Bolívia, onde a delegação da Chapecoense, além de convidados e membros da imprensa, fez uma escala, mas apresentou problemas elétricos entre os municípios de La Ceja e La Unión.

Os goleiros Danilo e Jackson Follmann, o lateral esquerdo Alan Ruschel e o zagueiro Neto foram resgatados, além de uma auxiliar de voo que ainda não foi identificada, e Rafael Henzel, jornalista da Rádio Oeste Capital.

Segundo a apuração do Esporte Interativo, Alan Ruschel e dois tripulantes estão no Hospital Sommer. O jogador sofreu fraturas na lombar e na coluna, está em estado crítico. No Hospital San Vicente de Paúl está Jackson Follmann, que está vivo e teve uma perna amputada. O Hospital San Juan de Díos de la Sierra diz que o goleiro Danilo não resistiu. O zagueiro Neto sofreu um trauma na cabeça e também está em estado grave. Após encontrar 71 corpos, a polícia deu por encerrada as buscas. No total, 77 pessoas embarcaram na aeronave.

Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP