Futebol Brasileiro

Bancado até o fim do ano, Carille se inspira em Zé Ricardo para ganhar confiança da torcida

Diretoria do Corinthians afirmou que só começará a procurar por um novo técnico no ano que vem

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Fábio Carille volta a ser auxiliar-técnico com a chegada de Cristóvão Borges (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)
Fabio Carille fica no comando do Corinthians até o fim do ano (Foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)

Após a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, em Itaquera, o técnico Cristóvão Borges não aguentou a pressão e foi mandado embora do Corinthians. Para seu lugar, o mais provável seria Roger Machado, que se demitiu do Grêmio recentemente e é pupilo de Tite. Entretanto, o presidente Roberto de Andrade garantiu que não trará nenhum treinador por enquanto, e que o interino Fabio Carille ficará no comando da equipe até o final do ano.

Flamengo, Palmeiras, Santos e Cruzeiro! Esse é o G4 do censo do Esporte Interativo. Clique e ajude seu time a subir na tabela

Essa estratégia não é nova no futebol brasileiro e, inclusive, foi utilizada pelo Flamengo, principal concorrente do Palmeiras na disputa pelo título do Campeonato Brasileiro. A equipe carioca começou a temporada com Muricy Ramalho, que voltou ao futebol depois de cerca de seis meses parado para cuidar da saúde. Porém, o treinador, mais uma vez, sofreu com problemas de saúde e teve que deixar o comando do time. Sem muitas opções no mercado, o Rubro-Negro escolheu efetivar o interino Zé Ricardo, e, com ele, o Flamengo subiu muito de produção.

Há sete anos no clube, a intenção de Carille é repetir o sucesso de Zé. A principal missão dele, ao menos no início, é devolver a confiança aos jogadores, que já não vencem há três jogos. Depois disso, o treinador espera ter tranquilidade para trabalhar e sonha até com a efetivação.

“O Zé Ricardo no Flamengo foi um interino que teve respaldo. Pode acontecer. É um sonho também. A oportunidade está aí, está aparecendo agora. A partir de agora vou ser avaliado”.

A outra meta do interino é melhorar a defesa corintiana. Sempre sólido e consistente, principalmente nos últimos anos nas conquistas dos títulos, o setor defensivo alvinegro não passa a mesma confiança das outras temporadas. Cássio já não é mais unanimidade, e muitos, inclusive, preferem seu reserva Walter. Fagner, pela direita, ainda é um dos melhores e mais regulares do time, assim como Uendel, mas os dois caíram um pouco em relação ao início do ano. No miolo de zaga, Balbuena ainda é poupado pela torcida, mas Vilson e Yago são constantemente criticados nos jogos.

A primeira chance de mostrar trabalho será já na quarta-feira (21), às 21h45, na partida diante do Fluminense, em Itaquera, pelas oitavas de final da Copa do Brasil. Na partida de ida, os corintianos saíram atrás, mas, no segundo tempo, Rodriguinho empatou a partida. Agora, o Corinthians tem a vantagem do empate em 0 a 0 para se classificar. Se o jogo terminar 1 a 1, o resultado será decidido nos pênaltis. Qualquer outro empate ou vitória do Tricolor, os cariocas vão para a próxima fase.

A cobertura completa de tudo sobre o futebol brasileiro você confere nos canais Esporte Interativo.

Pet diz que queria jogar pelo Brasil: ‘A FIFA não deixou’


Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP