Futebol Brasileiro

CBF divulga nota de pesar em homenagem ao dirigente Delfim Peixoto

Vice-presidente da entidade estava no avião da Chapecoense, que sofreu trágico acidente na Colômbia; 71 mortos foram confirmados

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Delfim Peixoto estava no avião da Chapecoense que caui na Colômbia (Foto: Divulgação CBF)
Delfim Peixoto estava no avião da Chapecoense que caiu na Colômbia (Foto: Divulgação/CBF)

Não há palavras para expressar o choque e a tristeza. A trágica queda do avião que levava o elenco da Chapecoense para Medellín, na Colômbia, onde iria disputar a histórica final da Copa Sul-Americana, contra o Atlético Nacional-COL, comoveu o mundo.

Entre os 71 mortos do brutal acidente, estava o vice-presidente da CBF e presidente da Federação Catarinense de Futebol, Delfim Peixoto. A entidade máxima do futebol brasileiro, que já havia manifestado solidariedade à Chapecoense e a todas as vítimas da queda do avião, divulgou uma nota em seu site oficial em homenagem ao dirigente.

Confira a nota publicada pela CBF:

A Diretoria da Confederação Brasileira de Futebol lamenta a trágica morte do seu vice-presidente e presidente da Federação Catarinense de Futebol, Dr. Delfim Pádua Peixoto Filho. Ele estava presente no voo da Associação Chapecoense de Futebol que sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira, na Colômbia. 

Advogado, Delfim Peixoto teve uma vida inteira ligada ao futebol e estava à frente da Federação Catarinense há 31 anos. Em 2015, assumiu o cargo de vice-presidente na CBF, onde já havia exercido outras atividades como dirigente, inclusive como chefe da delegação da Seleção Brasileira em várias ocasiões, entre elas os Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

A CBF presta sua solidariedade aos familiares, oferecendo total apoio para este momento extremamente difícil.

Marco Polo Del Nero

Presidente da CBF

Entenda o acidente

Ainda na madrugada desta terça-feira (29), a Rádio Caracol, da Colômbia, noticiou que a aeronave modelo RJ 80 sumiu dos radares nos arredores do município de Rionegro. O avião de matrícula CP2933 decolou da Bolívia, onde a delegação da Chapecoense, além de convidados e membros da imprensa, fez uma escala, mas apresentou problemas elétricos entre os municípios de La Ceja e La Unión.

Os goleiros Danilo e Jackson Follmann, o lateral esquerdo Alan Ruschel e o zagueiro Neto foram resgatados, além dos integrantes da tripulação Ximena Suarez e Erwin Tumiri, e Rafael Henzel, jornalista da Rádio Oeste Capital. Dos regatados, Danilo não resistiu aos ferimentos.

Segundo a apuração do Esporte Interativo, Alan Ruschel e dois tripulantes estão no Hospital Sommer. O jogador sofreu fraturas na lombar e na coluna, apresentando estando um estado crítico. No Hospital San Vicente de Paúl está Jackson Follmann, que teve a perna direita amputada, mas apresenta um quadro de estabilidade. O zagueiro Neto sofreu um trauma na cabeça e também está em estado grave. Após encontrar 71 corpos, a polícia deu por encerrada as buscas. No total, 77 pessoas embarcaram na aeronave.

Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP