Futebol Brasileiro

Cobiçado por Mattos há três anos, Michel Bastos é apresentado no Palmeiras

Após saída conturbada do São Paulo, meia que já se sente em casa no Verdão

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Em 120 pelo São Paulo, Bastos marcou 22 gols (Foto: Esporte Interativo)
Em 120 jogos pelo São Paulo, Bastos marcou 22 gols (Foto: Esporte Interativo)

Já era início de noite na Academia de Futebol quando o diretor Alexandre Mattos entrou na sala de imprensa do CT alviverde com o tão aguardado reforço Michel Bastos. Famoso por suas contratações relâmpago, o dirigente foi sincero e revelou que contratar o meia foi um de seus maiores desafios.

As oitavas da Champions estão definidas. Assine o EI PLUS e tenha uma programação exclusiva aonde você estiver. Só R$ 1,90. PREÇO POR TEMPO LIMITADO!

“Costumam dizer que eu sou rápido nas contratações, mas queria contratar esse cara (Michel Bastos) desde 2014”.

Avesso à entrevistas, Bastos não escondeu um certo desconforto com a quantidade de perguntas que teve que responder sobre o passado do outro lado do muro da Barra Funda, mais precisamente no São Paulo. O jogador se mostrou bastante chateado com os incidentes ocorridos na última temporada, quando foi muito cobrado pela torcida tricolor, chegando a ser agredido por torcedores organizados.

“Aconteceu, foi duro, foi difícil, uma coisa que nunca passei na carreira. Logo após o acontecido tinha jogo importante para o time, foi perguntado a nós jogadores se estávamos dispostos a jogar, eu fui o primeiro a dizer que estava disposto. Mas se falava muita coisa, eu abdiquei de me expor na mídia, para me defender, o único jeito que eu podia mudar a situação era jogando bola. Abdiquei de redes sociais, de falar com a imprensa, eu achava que aquilo não ia mudar muito. Escutei o fato de eu não ser um jogador de grupo. Bem pelo contrário, quem me conhece sabe que eu sou alegre, que não tenho problema com ninguém. Não sei se foi alguém do São Paulo, eu não acredito. Nunca tive problema com ninguém. Só penso em jogar bola”.

Entre as inúmeras questões abordadas na primeira entrevista de Michel como jogador do Verdão, o jogador falou sobre a boa relação que tem com Felipe Melo, maior reforço do Palmeiras nesta janela, mas afirmou que independentemente disso, já se sente em casa.

“Em casa já estou. Vai ser bom demais ter um cara que conheço há muitos anos. Já tive oportunidade de jogar com o Felipe no Grêmio e na seleção brasileira. Ele vai agregar muito à qualidade da equipe. Com certeza me sinto familiarizado com todos. Posso ajudar, mas ele vai chegar se integrando, rindo. A gente já estava no grupo do Whatsapp do time antes de chegar, já conversamos, é um cara que já falou bastante. Com a chegada dele vai ser legal para mim, é um cara de quem gosto muito, mas para o grupo também”.

Por fim, o camisa 15 afirmou que este era o momento certo para mudar de ares e disse estar feliz na nova casa.

“Poder vestir uma camisa de tantos títulos, acho que nem alguns clubes da Europa podem proporcionar essa estrutura ao jogador. Estou feliz, isso é bom para meu futebol, com a cabeça boa, minha família também está feliz. Era o momento de mudar. Tive oportunidades em outros lugares, mas a decisão foi bem rápida. Foram uma ou duas conversas com o Mattos, ali decidimos o meu futuro”.

Até no Jogo das Estrelas Fumagalli balança a rede com narração do Jorge Iggor:



Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP
 ;