Futebol Brasileiro

Cria do Flu, Matheus Carvalho comemora boa fase no Atlético-GO: 'Sou um cara abençoado'

Atacante de 24 anos, que foi o autor do título do Dragão na Série B deste ano, fez avaliação da carreira e demonstrou carinho pelo Tricolor

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Matheus Carvalho é cria de Xerém (Photo by Cristiano Andujar/Getty Images)
Matheus Carvalho é cria de Xerém (Photo by Cristiano Andujar/Getty Images)

por Éros Mendes

No futebol, em muitos casos, o clube pelo qual um jogador é revelado, não necessariamente será aquele em que ele brilhará. Em algumas ocasiões, por diversos fatores, é necessário um pouco mais de rodagem, para que promessas das categorias de base demonstrem, no profissional, todo o potencial apresentado quando jovens.

O cenário descrito anteriormente retrata de forma precisa a carreira de Matheus Carvalho. Revelado pelo Fluminense, na fábrica de Xerém, o atacante, mesmo que sem muito destaque, foi campeão brasileiro com o Tricolor em 2010 e 2012. No entanto, diante da grande concorrência no clube das Laranjeiras, Matheus teve que buscar seu espaço em outros times, até mesmo fora do país. Depois de passar pelos Estados Unidos e pela Europa, onde vestiu a camisa do Monaco-FRA, e teve a chance de atuar na Liga dos Campeões, o jogador de 24 anos retornou ao Brasil e, em 2016, foi o autor do gol que deu o título nacional da Série B ao Atlético-GO.

Em conversa exclusiva com o Esporte Interativo, Matheus contou um pouco de sua trajetória, disse o porquê de não ter conseguido sequência no Tricolor e falou sobre a sensação de ser campeão da Segundona pelo Dragão.

Esporte Interativo: Você foi formado nas categorias de base do Fluminense, e mesmo sem ter conseguido uma sequência no time profissional, estava no elenco que conquistou o Brasileirão de 2010 e 2012. Agora, também foi campeão da Série B, com o Atlético-GO. Acredita ser um jogador com estrela?

Matheus Carvalho: Eu não diria um jogador com estrela, mas sim um jogador abençoado por Deus, por tudo o que eu conquistei, por tudo o que passei, e consegui seguir em frente. A minha família, que sempre me apoiou nas horas difíceis, mas nos momentos bons também estavam ao meu lado nas horas felizes. Em 2010, fui relacionado somente pra um jogo, mas em 2012, pude ajudar bastante, indo para mais jogos, e mesmo com as lesões consegui ajudar e fui feliz. Fui coroado com o segundo título brasileiro na carreira.

Matheus comemora título do Brasileirão de 2012 pelo Flu (Photo by Buda Mendes/LatinContent/Getty Images)
Matheus comemora título do Brasileirão de 2012 pelo Flu (Buda Mendes/LatinContent/Getty)

Esporte Interativo: Ainda em relação ao Fluminense, sabemos que você acumulou muitas lesões desde que subiu ao time de cima. Ainda assim, por quê você acha que não teve a sequência que muitos esperavam diante do desempenho que você teve na base? Ainda pretende voltar ao clube?

Matheus Carvalho: No começo, quando subi para o profissional, em 2010, acabei até retornando para a base. Infelizmente, sofri com algumas lesões, mas depois que me recuperei, até por conta do acompanhamento nutricional e a suplementação, fiquei um longo tempo sem lesões. Esse foi um período difícil, pois batalhava diariamente contra o meu corpo. Com isso, não tive a sequência que muitos esperavam.

Quando retornei, a concorrência era muito grande, com muitos jogadores de qualidade, e acabei sendo emprestado ao Joinville, onde fui muito feliz e retomei a minha carreira. Em 2014, voltei ao Fluminense, tive a oportunidade de entrar no amistoso contra a Itália e fazer um belo gol. Isso chamou a atenção de alguns clubes brasileiros e europeus também. Na sequência, fui coroado com a proposta do Mônaco-FRA. Lá fui muito feliz, já que pude jogar com os melhores jogadores da Europa, fato que elevou minha carreira a outro nível. Acabei tendo problemas de documentação e tive que retornar ao Brasil, e passei novamente por um período difícil, já que fiquei um longo tempo sem atuar. Depois de ficar seis meses no Fort Lauderdale Strikers-EUA, já havia a ideia de atuar de novo no Brasil e acertei com o Atlético-GO. Fui muito bem recebido e acabei sendo coroado com o gol do título, diante do Tupi. Sendo campeão brasileiro pela terceira vez.

Matheus jogou no Monaco em 2015 (Photo credit should read FRANCK FIFE/AFP/Getty Images)
Matheus jogou no Monaco em 2015 (Photo:/AFP/Getty Images)

Matheus Carvalho: Acho que realmente sou um cara abençoado, pois por tudo o que passei no ano passado, sem jogar por um longo período. Daí, praticamente um ano depois, volto a ser campeão brasileiro. Sempre corri atrás, não desisti, fiquei mais fortalecido e reencontrei o prazer em jogar futebol. Pretendo voltar ao Fluminense, sim. Passei 16 anos no clube, começando no futsal e depois indo para o campo, chegando até o profissional. Sou muito grato por tudo o que a instituição me proporcionou. Estou dando a volta por cima e quem sabe no futuro eu não volte ao clube para dar muitas alegrias aos torcedores e àqueles que contribuíram para a minha carreira.

Elenco do Atlético-GO, campeão da Série B em 2016 (Foto: Divulgação)
Elenco do Atlético-GO, campeão da Série B em 2016 (Foto: Divulgação)

Esporte Interativo: Depois de terminar a atual temporada com um título, mesmo ainda estando muito recente, já consegue fazer uma projeção sobre o que esperar do próximo ano?

Matheus Carvalho: Estou focado no Atlético-GO, pois quero crescer junto com o clube. Espero que a diretoria me dê mais essa oportunidade em 2017. Foi o clube que me abriu as portas para eu poder evoluir e ter mais visibilidade no mercado. Espero ser muito feliz aqui no Atlético-GO.

A cobertura completa sobre o futebol brasileiro você confere nos canais Esporte Interativo

Veja também: Mala? Douglas Costa brinca e estraga altinha da Seleção:

Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP