Futebol Brasileiro

Da desconfiança à superação: Sidão comemora bom momento no Botafogo e projeta 2017

Em entrevista ao Esporte Interativo, goleiro revela ser fã de Jefferson, comenta futuro em General Severiano e fala sobre o carinho pelo Audax-SP

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Sidão é só sorrisos no Botafogo (Vitor Silva/SS Press/Botafogo)
Sidão é só sorrisos no Botafogo (Vitor Silva/SS Press/Botafogo)

Por Venelouis Casagrande

Lá se vão quase quatro meses desde a apresentação de Sidão no Botafogo, no dia 31 de maio. O goleiro, emprestado pelo Audax-SP até o fim da temporada, chegava para brigar, com Helton Leite, para saber quem receberia a difícil missão de substituir o ídolo Jefferson, que havia acabado de passar por uma cirurgia no braço. Desconhecido e sob a desconfiança da torcida, o goleiro estreou no dia 12 de junho, no empate em 1 a 1 com o Vitória, na sétima rodada do Campeonato Brasileiro. Na partida não foi muito exigido, mas demonstrou segurança quando necessário.

Flamengo, Palmeiras, Santos e Cruzeiro! Esse é o G4 do censo do Esporte Interativo. Clique e ajude seu time a subir na tabela

Com o passar do tempo, e 23 jogos depois, Sidnei dos Santos Júnior foi conquistando os alvinegros e, principalmente, a comissão técnica. Em entrevista ao portal do Esporte Interativo, Sidão, que tem 33 anos, revelou ser fã de Jefferson, mostrou sinceridade ao ser questionado sobre a titularidade do ídolo, comentou sobre o seu futuro em General Severiano e não escondeu o carinho pelo Audax-SP, clube que tem vínculo até o fim do estadual de 2017.

Satisfeito com o seu momento no Botafogo?

Sim, confesso que sim. Mas pretendo evoluir ainda. Enquanto eu tiver oportunidade aqui no Botafogo, vou procurar representar muito bem essa camisa e tentar dar alegrias aos torcedores.

Como está a cabeça sabendo que Jefferson pode voltar a qualquer momento?

Olha…eu tento esquecer isso e focar apenas nos jogos. Como eu disse, enquanto eu estiver sendo o titular, vou procurar dar o meu melhor. O Jefferson é um ídolo do Botafogo e tem o espaço dele. Sou fã dele e busco aprender com ele também. Vou continuar buscando o meu espaço.

Acha justo Jefferson retornar como titular?

Para ser sincero, acho justo sim. Ele já era titular, né. Então, para mim, nada mais justo que ele volte a ser.

Sidão vem fazendo boas partidas sob a meta do Botafogo (Foto: Vitor Silva / SS Press / Botafogo F.R)
Sidão vem fazendo boas partidas sob a meta do Botafogo (Foto: Vitor Silva / SS Press / Botafogo F.R)

O que você quer fazer em 2017?

Ainda estou focado neste ano. O 2017 vou deixar para pensar depois. Acho que, o que eu fizer agora, vai refletir para 2017.

Algum clube já te procurou para a próxima temporada?

Olha, se procurou, eu não sei. Pelo menos, para mim, não chegou nenhuma proposta.

Quer ficar aqui no Botafogo?

Estou feliz aqui no Botafogo. Vou procurar o que for melhor para mim e para a minha família. Vamos esperar, né.

Acha que já conquistou um espaço no coração dos alvinegros?

Creio que sim. Venho fazendo bons jogos e recebo muitos carinhos dos torcedores do Botafogo. O balanço que faço é positivo. Fico feliz em saber que estou respondendo às expectativas.

Como é viver o melhor momento aos 33 anos?

É diferente, verdade. Geralmente, os jogadores atingem o auge bem mais novo, mas antes tarde do que nunca, né (risos).

O que o Audax-SP representa para você?

Eu agradeço muito ao Audax-SP. Eles me deram todo o suporte para eu conseguir chegar onde estou. É um clube que marcou a minha vida.

O Audax-SP é a sua mãe e o Botafogo sua namorada?

(Risos) Podemos dizer que sim. São dois clubes que têm uma história marcada em minha vida. No Botafogo, venho vivendo uma grande fase.

Você já demonstrou ter habilidade com os pés. Se pintar a chance de ser o camisa 9 alvinegro, você aceita?

(Risos) Não, isso não (risos). Deixa eu quieto lá no gol, é o melhor que eu faço. Lá na frente eu deixo para os nossos atacantes. Estamos bem servidos.

A cobertura completa de tudo sobre o futebol brasileiro você confere nesta quinta-feira (22) nos canais Esporte Interativo.

Vida de repórter! Passarinho faz cocô em Bruna Dealtry, que estava ao vivo

 


Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP