Futebol Brasileiro

Lisca é apresentado no Internacional: 'Não estou caindo aqui de paraquedas'

Novo treinador assume o clube a três rodadas do fim do Campeonato Brasileiro, com o Colorado na zona de rebaixamento

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Lisca é o novo técnico do Internacional (Foto: César Fabris/Esporte Interativo)
Lisca é o novo técnico do Internacional (Foto: César Fabris/Esporte Interativo)

O Internacional não tem tempo a perder. Depois do empate em 1 a 1 com a Ponte Preta, em casa, que culminou na queda do técnico Celso Roth, o Colorado apresentou, na manhã desta sexta (18), o novo comandante para os últimos três jogos do Brasileiro: Lisca. Conhecido como Doido, o treinador afirmou que não aceitou o convite apenas para ser o herói.

Flamengo, Palmeiras, Cruzeiro e Vasco! Esse é o G4 do Censo do Esporte Interativo. Clique e ajude seu time a subir na tabela

“Claro que é um momento difícil, mas eu vejo uma responsabilidade grande minha a partir de agora com o resultado que vier e nós vamos lutar e trabalhar para seguir na Série A. Não acredito em herói no futebol. O trabalho é em conjunto e ninguém faz nada sozinho. Não vim buscar a pecha de herói, vim buscar realizar um trabalho. Me sinto honrado, é um desafio muito grande. Vejo como uma grande oportunidade, sei das dificuldades, mas acredito muito na conquista dos nossos objetivos”.

Identificado com o Inter, onde iniciou a sua carreira de treinador, Lisca se considera totalmente preparado para o desafio, principalmente, pela força de vontade que vai mostrar. Segundo o novo treinador, é hora de viver o Internacional.

“Não estou caindo aqui de paraquedas. São 25 anos de carreira. Comecei lá no areião, nas escolinhas, passei por todas as etapas e agora estou aqui. São só três jogos, mas vou dar a minha vida nesses três jogos. Vou almoçar, jantar e viver o Internacional e seus adversário. É isso que eu quero que a torcida e os jogadores façam. Sei da dificuldade do momento, da responsabilidade dessa missão. Vou me dedicar 100% e botar tudo que eu aprendi em prática nesses três jogos”.

Nos últimos anos, Lisca passou por situações complicadas, como na última temporada, quando assumiu o Ceará na Série B praticamente rebaixado e conseguiu dar a volta por cima junto com o clube. No fim, uma cena marcante com a torcida cantando Lisca doido. O apelido, que já existia desde a sua passagem pelo Juventude, foi explicado pelo técnico.

“O apelido veio lá do Juventude. Tem um grito que diz ‘Papo Doido’ e acabaram adaptando para ‘Lisca Doido’. Como o momento era difícil do clube e eu me dediquei muito, a torcida identificou no comandante essa entrega. Depois, no Náutico, a situação era muito parecida. O Náutico estava sofrido, em um momento não muito bom. No Ceará foi um pouco diferente. O time vinha de uma conquista de Copa do Nordeste e vivia um bom momento. A torcida acabou me homenageando com uma música, e o apelido permaneceu. O Doido é de apaixonado pelo que faz, por correr atrás dos seus objetivos”.

A cobertura completa sobre o futebol brasileiro você confere nesta sexta-feira (17), nos Canais Esporte Interativo.

Torcedores do Internacional entram em confronto com a polícia após novo tropeço da equipe



Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP