Futebol Brasileiro

Lisca se emociona em declaração de apoio à Chape: 'A vida segue. Dura, triste, mas segue'

Treinador colorado relembrou amigos e jogadores gaúchos que estavam na tragédia que envolveu o avião da equipe catarinense

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
(Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Lisca se emocionou ao falar da Chapecoense (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

Um dia depois do trágico acidente com o avião da Chapecoense, a comunidade do futebol brasileiro começa a iniciar a sua tentativa de voltar ao normal. O Internacional, por exemplo, treinou nesta quarta-feira (30) após ter cancelado as atividades na última terça-feira (29). Depois do treino, o capitão colorado Ernando concedeu entrevista coletiva e demonstrou toda a sua emoção ao falar sobre seus ex-companheiros Alan Ruschel e Josimar.

Antes do capitão, porém, havia sido a vez de Lisca, técnico colorado dar uma emocionante declaração. O treinador chegou à sala de coletivas do CT do Parque Gigante e afirmou que estava indo em nome do grupo falar sobre o acontecido. Em uma breve declaração, demonstrou toda consternação com o acidente e falou com carinho sobre a proximidade que a Chapecoense tem com o Rio Grande do Sul, graças às pessoas que ali estavam, muitas com passagens pelo futebol gaúcho.

Confira a declaração de Lisca:

“A Chape é praticamente uma extensão do nosso futebol. Tem jogadores que já passaram por Inter, Grêmio, no interior do Rio Grande do Sul, funcionários, comissão técnica, seguranças. Ontem foi muito difícil para nós, para trabalhar, para treinar, para assimilar esse duro golpe. Nós que trabalhamos com isso, vivenciamos esse ambiente de voos, de voo fretado, de sair, de deixar a família, de trabalhar. Então nós sentimos muito, nos colocamos no lugar, principalmente das famílias que ficaram, dos filhos, das esposas. Foi duro, é um golpe duro no futebol, mas a vida tem que seguir. Nós já treinamos, fizemos aquilo que os jogadores da Chapecoense mais amavam, que é se preparar, treinar, se condicionar, competir. É um momento difícil, mas até por respeito e homenagem a eles nós temos que seguir a nossa vida, buscar nossos objetivos já no fim da competição. É isso que nós vamos fazer. Mandar um grande beijo para toda a comunidade de Chapecó, seus torcedores, funcionários e jogadores que permaneceram, às esposas, aos filhos, à família. Dizer que nós estamos aqui de peito aberto para o que der e vier, para ajuda, para ajudar pessoalmente. Temos vários amigos. Ontem eu falei com a Marina, esposa do Alan, pai do Filipe Machado, familiares do Josimar, do Anderson nem se fala. Jogadores também que passaram pelo Grêmio, como Thiego, Dener… o próprio Caio Junior que passou nos dois clubes e tem uma história linda. Então viemos mostrar nossa solidariedade. A vida segue. Dura, triste, mas segue”.

Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP