Futebol Brasileiro

Maracanã pode ficar sem luz e gás por falta de pagamento; Rio2016 garante negociação

Comitê conversa com empresas para renegociar dívida e não ter serviços cortados. Estádio vive indefinição por 'novo dono' em 2017

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
(Foto: Getty Images)
Estádio foi usado para os jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio (Foto: Getty Images)

Por Bruno Magalhães, Eduardo Castro e Thayuan Leiras

Sob cuidados do Comitê Rio2016 até o fim deste mês, o Maracanã corre o risco de ter cortados os serviços de luz e gás por falta de pagamento. A entidade tenta evitar e já entrou em contato com as prestadoras Light e CEG, mas ainda não houve acordo.

Flamengo, Palmeiras, Cruzeiro e Vasco! Esse é o G4 do Censo do Esporte Interativo. Clique e ajude seu time a subir na tabela

A reportagem do Esporte Interativo entrou em contato com as partes, que confirmaram as conversas pelo pagamento da dívida, mas nenhum acordo encaminhado. O Maracanã foi reaberto em 23 de outubro, no jogo entre Flamengo e Corinthians, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, ainda com alguns reparos por fazer, além das contas atrasadas. Por isso, a cessão do estádio para o comitê organizador foi estendido por um mês, até 30 de novembro.

Principal responsável pelo Maracanã, a empreiteira Odebrecht tenta se livrar do estádio e já anunciou que pretende devolver as instalações ao poder público. O governo do estado do Rio de Janeiro tenta organizar nova licitação, a qual os clubes – principalmente o Flamengo – desejam participar. O Rubro-Negro, aliás, já avisou que não jogará mais no estádio se não for protagonista na gestão. No total, a empresa levou cerca de R$ 170 milhões em prejuízo pela aventura esportiva, que começou em 2013.

Acontece que, no ano da última Copa das Confederações, as empresas que se tornariam o Consórcio Maracanã SA assinaram contrato de 35 anos com o governo do estado. No acordo, constava pagamento de 34 parcelas de R$ 5,5 milhões e mais R$ 594 milhões em investimentos no complexo. Em contrapartida, além da exploração das instalações, o Parque Aquático Julio Delamare, o Estádio de Atletismo Célio de Barros e a Escola Municipal Friedenreich seriam demolidos, o que não aconteceu por mobilização da comunidade local.

A cobertura completa sobre o futebol brasileiro você confere nesta quinta-feira (17), no Conexão EI, às 17h, no Caderno de Esportes, às 19h, no Jogando em Casa, às 20h30, e no Caderno de Esportes 2ª edição, às 0h15, no EI MAXX.

Eduardo Castro avalia partida do Flamengo contra América-MG e elogia Jorge


Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP