Futebol Brasileiro

Nas outras duas vezes que encontrou o São Paulo na Copa do Brasil, Cruzeiro se sagrou campeão

Em 1993, Raposa eliminou os paulistas nas quartas de final da competição; já em 2000, derrotou o Tricolor na grande decisão, com gol decisivo no último minuto

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Torcida do Cruzeiro tem motivos para se animar por confronto com o São Paulo (Foto: Site Oficial / Cruzeiro)

Se depender do retrospecto, a torcida do Cruzeiro pode se animar bastante para o duelo com o São Paulo, pela quarta fase da Copa do Brasil. Antes do sorteio, inclusive, alguns cruzeirenses torciam pelo confronto nas redes sociais. E o fato é bastante compreensível. Isso porque, nas duas vezes que se encontraram na competição, a Raposa acabou se sagrando a grande campeã do torneio.

Veja também:
Cruzeiro se consolida como único invicto da Série A, mas Robinho avisa: ‘Não pode empolgar’
Rafael x Fábio: descubra quem é o seu favorito para ser titular no Cruzeiro
Após cirurgia no joelho, Judivan tranquiliza a torcida do Cruzeiro: ‘Confiante na recuperação’

E mais: o clube mineiro não chegou a perder nenhuma partida para o São Paulo. Em quatro partidas, foram duas vitórias e dois empates. O Cruzeiro marcou seis gols, sofrendo quatro. Apesar de, no histórico geral, o Tricolor levar vantagem (35 triunfos contra 16), a competição mata-mata acaba se tornando um motivo a mais de motivação para a China Azul.

Na primeira vez que se encontraram, o Cruzeiro eliminou o São Paulo nas quartas de final.  Na época, o Tricolor poupou seus titulares visando a Libertadores. No Morumbi, o Cruzeiro venceu por 2 a 1, com gols de Boiadeiro e Totó. No Mineirão, empate em 2 a 2, com gols de Cleison. Depois, Vasco e Grêmio foram os superados no caminho até o título nacional.

Já em 2000, mineiros e paulistas realizaram um embate pela grande decisão do certame. Em São Paulo, empate sem gols. Já no Mineirão, que recebeu mais de 85 mil espectadores, a vitória por 2 a 1 deixou o troféu na Toca da Raposa. O jogo estava empatado em 1 a 1 até os 44 do segundo tempo, em resultado que deixava os cruzeirenses como vice-campeões. Mas uma falta na entrada da área mudou a história daquela final. Geovanni cobrou com força para vencer Rogério Ceni e fazer a alegria da parte azul de Minas Gerais.

Em 2017, mais um capítulo será escrito entre as equipes. Elas vão se encontrar primeiro na casa tricolor, e posteriormente no Mineirão. As datas ainda não estão definidas.


Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP
;