Futebol Brasileiro

Negócio da China? Veja jogadores brasileiros do futebol chinês que poderiam voltar!

De zagueiros a meias e atacantes, de veteranos a revelações, o Brasil poderia repatriar diversos jogadores para a temporada de 2017 que se avizinha

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
(Foto: Getty Images)
Futebol brasileiro sofreu debandada para a China (Foto: Getty Images)

Zagueiros
Gil – Shandong Luneng: O zagueiro, figura constante nas convocações de Tite para a seleção brasileira, se destacou no Corinthians e foi vendido no início da temporada para a China. Buscando mais chances com a amarelinha, retornar para o Brasil pode ser uma opção para 2017.

Volantes
Paulinho – Guangzhou Evergrande: O meio-campista da seleção brasileira foi vendido pelo Corinthians para o Tottenham, da Inglaterra, mas não decolou. Atualmente na China, mas se destacando com a amarelinha, sob o comando de Tite, o jogador de 28 anos pode ser opção para o futebol brasileiro.

Jucilei – Shandong Luneng: Destaque pelo Corinthians entre 2009 e 2011, o volante foi vendido para o futebol russo, passou pelos Emirados Árabes e, posteriormente, foi para a China. Aos 28 anos, o jogador poderia ver com bons olhos um retorno para o Brasil.

Ramires – Jiangsu Suning: Revelado pelo Joinville e com boa passagem posterior pelo Cruzeiro, Ramires fez sucesso na Europa, atuando pelo Chelsea. Negociado nesta temporada para a Ásia, o jogador, que não joga por um clube brasileiro há sete anos, poderia querer um retorno em 2017. Caía bem no seu time?

Meias
Ricardo Goulart – Guangzhou Evergrande: Grande destaque do Cruzeiro no bicampeonato brasileiro em 2013 e 2014, chegando até a ser convocado para a Seleção, o meia foi vendido para a China, onde mantém uma grande média de gols e assistências. Olho nele!

Alex Teixeira – Jiangsu Suning: Revelado pelo Vasco, o meia-atacante saiu do clube carioca e foi para o futebol ucraniano, onde fez sucesso pelo Shakhtar Donetsk. Vendido para a China neste ano, o jogador poderia almejar um retorno para o Brasil, já que ainda tem 26 anos de idade.

Elkeson – Shanghai Dongya: Destaque pelo Botafogo, o jogador teve uma ótima passagem pelo Guangzhou Evergrande, com uma média de gols impressionante. Nesta temporada, foi negociado com o Shanghai Dongya. Seria uma boa?

Renato Augusto – Beijing Guoan: Um dos grandes destaques da seleção brasileira na Era Tite, o meia foi vendido pelo Corinthians para a China nesta temporada. Buscando maior visibilidade para se manter na lista do treinador, um retorno pode ser viável.

Jadson – Tianjin Quanjian: Outro que deixou o futebol brasileiro nesta temporada. Antes pedido para a seleção brasileira, o jogador não é sequer mais lembrado como possibilidade. Um retorno ao Brasil, apesar dos 33 anos, poderia colocá-lo na mira de Tite.

Atacantes
Alan – Guangzhou Evergrande: Após ser revelado pelo Fluminense, o atacante foi para o futebol da Áustria, onde atuou pelo Red Bull Salzburg. Depois de cinco anos, o jogador foi contratado na última temporada pelo futebol chinês. Com 27 anos, o atleta teve boa média de gols tanto na Europa quanto agora na Ásia.

Diego Tardelli – Shandong Luneng: O atacante dispensa apresentações. Após a brilhante passagem pelo Atlético-MG, onde foi campeão da Libertadores, da Recopa Sul-Americana e da Copa do Brasil, o jogador foi para a China, mas constantes especulações o colocam na mira de clubes brasileiros. Será que ele volta?

Aloísio – Hebei China Fortune: Conhecido pelas voadoras e pelo bom desempenho em 2013, pelo São Paulo, o atacante apelidado de Boi Bandido foi vendido para o Shandong Luneng e, no meio desta temporada, foi vendido para o Hebei China Fortune, e já disse que poderia voltar ao Brasil.

Geuvânio – Tianjin Quanjian: O atacante de 24 anos, revelação do Santos, foi negociado para a China neste ano. Apesar de difícil, o jogador poderia querer um retorno ao Brasil buscando mais visibilidade.

Biro-Biro – Shanghai Shenxin: Atuando pelo Shanghai Shenxin, depois de fazer boas partidas por Fluminense e Ponte Preta, o jogador de apenas 21 anos poderia mirar um retorno ao Brasil para alavancar sua carreira em busca da Europa.

A cobertura completa de tudo sobre o futebol brasileiro você acompanha nos canais Esporte Interativo.

André Henning fala sobre Messi: ‘Tive dó dele. O Brasil judiou da Argentina’


Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP