Futebol Brasileiro

No Fluminense, dos 12 gols sofridos no segundo turno, oito foram em bolas aéreas

Zagueiro Henrique concedeu entrevista coletiva nas Laranjeiras e comentou sobre o sistema defensivo tricolor

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Henrique concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (Foto: Nelson Perez/ FFC)
Henrique concedeu entrevista coletiva nesta sexta-feira (Foto: Nelson Perez/ FFC)

por Éros Mendes

Um dos maiores problemas da defesa do Fluminense durante a disputa do Brasileirão é a bola aérea. A prova disso é que no segundo turno da Série A, dos 12 gols sofridos, oito foram neste tipo de jogada. Embora Gum e Henrique, zagueiros titulares, tenham boa estatura, 1,89cm e 1,85cm, respectivamente, contra o Flamengo, de novo foram dois gols sofridos em bolas alçadas na área.

Flamengo, Palmeiras, Santos e Cruzeiro! Esse é o G4 do censo do Esporte Interativo. Clique e ajude seu time a subir na tabela!

No primeiro, após cobrança de escanteio, o sistema defensivo se perdeu na marcação e após bate rebate entre Henrique e Leandro Damião, a bola acabou batendo em William Matheus antes de ir para o gol. Na segunda etapa, o lateral Wellington Silva tentou cortar cruzamento, furou e deixou Fernandinho livre para marcar.

Em entrevista coletiva nesta sexta-feira (14), nas Laranjeiras, o zagueiro Henrique comentou sobre a atuação da zaga tricolor no clássico contra o Flamengo.

“A gente sabia que a bola parada deles é forte, inclusive a gente treinou bastante semana passada. Mas acho que foram erros da gente mesmo, não foi porque criaram uma situação, foram erros nossos. A gente conseguiu de certa forma neutralizar algumas coisas, mas acontece. A gente precisa trabalhar pra corrigir esses erros”.

O elenco volta a trabalhar na manhã deste sábado (15), nas Laranjeiras, às 9h (de Brasília). O próximo compromisso pelo Brasileirão será na segunda-feira (17), diante do São Paulo, em Edson Passos.

A cobertura completa sobre o futebol brasileiro você confere nos canais Esporte Interativo

Bernardo diz ter arrependimento por situações extra-campo: ‘acordei para a vida’

 

 

 


Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP
 ;