Futebol Brasileiro

Valdir Espinosa lamenta perda de Mário Sérgio e comenta ambiente no Grêmio: 'Tristeza total'

Atual coordenador técnico do clube, o comandante treinou Mário Sérgio no título mundial de 1983, quando o Tricolor venceu o Hamburgo-ALE por 2 a 1

Futebol Brasileiro POR Futebol Brasileiro
Valdir Espinosa conversou com o Esporte Interativo (Foto: Frame/Esporte Interativo)
Valdir Espinosa conversou com o Esporte Interativo (Foto: Frame/Esporte Interativo)

A tragédia da queda do avião da Chapecoense, que transportava jogadores, comissão técnica e também jornalistas brasileiros, entre eles o comentarista da Fox Sports Mário Sérgio, ex-jogador, ex-técnico e ídolo do Grêmio abalou Valdir Espinosa. Ele foi treinador do habilidoso meia no título mundial do mundial do Tricolor, e concedeu entrevista exclusiva ao Esporte Interativo. Atualmente, ele é o coordenador técnico do time gaúcho, e falou sobre a relação dele com Mário, além de ter comentado o sentimento dos jogadores no momento.

Recado para Mário Sérgio
“Nesse momento, eu tenho certeza que o Mário Sérgio tá lá no céu.Na frente dele, olhando para ele, está Deus. E ele olhando para Deus, tá passando a bola para Jesus. Aquela jogada que o Mário tinha de olhar para um lado e passar a bola para outro. Olha, Deus e Jesus conheceram tudo. Mas devem estar olhando e dizendo: esse Mário joga muito!”.

Clima no Grêmio
“Alguns deles trabalharam aqui no Grêmio. Pessoas da comissão técnica. O Caio (Júnior) trabalhou no Grêmio, fomos campeões gaúchos juntos. Eu era treinador dele. Ele também foi treinador do Grêmio. O ambienta era de tristeza. Eles acabaram o almoço, foi confirmado a transferência do jogo, o Renato reuniu todo mundo e disse: a gente se encontra amanhã. Nada mais. O ambiente era de tristeza total. Não tinha o que fazer. O foco de 24 horas para uma decisão foi adiado para daqui a uma semana. Hoje há tristeza, mas amanhã já há consciência de retomar as atividades, retomar o entusiasmo, retomar os trabalhos porque foi adiado a decisão e nós temos que, em sete dias, estar prontos novamente, como estaríamos para amanhã”.

Ajuda do Grêmio à Chapecoense com empréstimos de jogadores
“O momento é de ajudar. Somos adversários no campo. Mas juntos podemos ser ainda maiores. É exatamente isso: o momento é de ajudar. O Grêmio dá um passo muito grande para esse entendimento. Eu acho que outras equipes também vão entender essa ideia. Vai ser muito bacana. Todos nós. Todos os esportistas temos que estar voltados, de alguma maneira, para ajudar a Chapecoense. Ela merece, não só pela tragédia, mas também porque mostrou durante todo esse tempo que tem condições de fazer um grande time”.

Cabeça do clube para focar na Copa do Brasil
“O sonho da conquista de um título, estávamos a 24 horas dele, vai aumentar para uma semana. Isso vai fazer com que nós tenhamos o entendimento de que o momento da tristeza e da lamentação é hoje. Mas a partir de amanhã é voltar a entender do porquê de nós estarmos nessa decisão. Não vai ser difícil, não. Porque o clube tem consciência, a direção tem consciência, o Renato tem consciência, a torcida tem e, de mãos dadas na tristeza, a partir de amanhã, estaremos de mãos dadas para um sonho ser realizado”.

Entenda o acidente:

Ainda na madrugada desta terça-feira (29), a Rádio Caracol, da Colômbia, noticiou que a aeronave modelo RJ 80 sumiu dos radares nos arredores do município de Rionegro. O avião de matrícula CP2933 decolou da Bolívia, onde a delegação da Chapecoense, além de convidados e membros da imprensa, fez uma escala, mas apresentou problemas elétricos entre os municípios de La Ceja e La Unión.

Os goleiros Danilo e Jackson Follmann, o lateral esquerdo Alan Ruschel e o zagueiro Neto foram resgatados, além de uma auxiliar de voo que ainda não foi identificada, e Rafael Henzel, jornalista da Rádio Oeste Capital.

Segundo a apuração do Esporte Interativo, Alan Ruschel e dois tripulantes estão no Hospital Sommer. O jogador sofreu fraturas na lombar e na coluna, está em estado grave, porém estável. No Hospital San Vicente de Paúl está Jackson Follmann, que está vivo e sendo atendido, mas representantes da Chapecoense não autorizaram o hospital a divulgar o quadro dele. O Hospital San Juan de Díos de la Sierra diz que o goleiro Danilo não resistiu. A Cruz Vermelha da Colômbia informa que já foram resgatados 47 corpos.


Notícias

Futebol Brasileiro

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP