Futebol Nordeste

Hernane bem e Muriel mal: confira as notas dos jogadores do Bahia na partida contra o Paysandu

Atacante buscou o jogo e marcou de pênalti; goleiro falhou no gol de Tiago Luís

Futebol Nordeste POR Futebol Brasileiro
Jogo no Mangueirão foi de muita disputa (Foto: Fernando Torres/Paysandu)
Jogo no Mangueirão foi de muita disputa (Foto: Fernando Torres/Paysandu)

O Bahia teve sua série de seis jogos sem perder interrompida pelo Paysandu, nesta terça-feira (13). Derrotado por 2 a 1, no Mangueirão, o Tricolor teve sorte e viu a vantagem do CRB, quarto colocado da Série B, aumentar em apenas um ponto. Se o destaque positivo da partida foi o atacante Hernane Brocador, que marcou seu oitavo gol na competição, a atuação ruim foi do goleiro Muriel, que falhou no segundo gol do Papão, marcado por Tiago Luís.

Sport e Ceará são os times nordestinos melhores classificados em nossa pesquisa. Clique e ajude o seu clube a subir na tabela!

Confira as notas:

Muriel – 4,0 – Vindo de boas atuações, o goleiro não as repetiu contra o Paysandu e não passou a segurança necessária para a defesa do Bahia. Falhou feio no segundo gol do adversário.

Eduardo – 5,5 – O lateral foi uma das principais válvulas de escape para o Bahia, mas pouco conseguiu produzir efetivamente. Levou cartão amarelo por entrada dura no fim do jogo.

Tiago – 6,0 – Não teve culpa nos gols, mas, assim como o restante do setor, deixou espaços para o adversário atacar com tranquilidade.

Jackson – 6,0 – Idem a Tiago.

João Paulo Gomes – 5,5 – Pareceu sem ritmo de jogo e deve voltar a ser reserva de Moisés na próxima rodada.

Luiz Antônio – 4,5 – Errou no gol de Leandro Cearense e pouco participou dos ataques do Esquadrão.

Juninho – 6,0 – Combativo como sempre, tentou muito, mas não estava em noite inspirada.

Renato Cajá – 5,5 – Não conseguiu fazer o time jogar e exagerou nas bolas altas.

Allano – 6,0 – Bem no começo do jogo, caiu bastante com o passar do tempo.

Edigar Junio – 6,5 – Buscou jogo, mas a bola não chegava qualidade. Faltou inspiração.

Hernane – 7,0 – Brocador, como diz o apelido, saiu bastante da área para buscar jogo e foi premiado com o pênalti e, logo depois, seu gol.

Tinga – 5,5 – Não mostrou muito a mais do que João Paulo Gomes.

Regis – 6,0 – Buscou espaços, mas não conseguiu produzir tanto.

Victor Rangel – Sem nota – Entrou na vaga de Allano no finalzinho. Fica sem nota.

Guto Ferreira – 5,5 –  Teve chance de entrar no G-4 em duas rodadas seguidas, mas não conseguiu armar o time para vencer fora de casa em ambas as oportunidades.

A cobertura completa de tudo sobre o futebol brasileiro você acompanha nos canais Esporte Interativo.

Modesto pede mudanças na CBF e banimento de árbitro: ‘É o descrédito do futebol brasileiro’


Notícias

Futebol Nordeste

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP