Futebol Nordeste

Pela porta dos fundos! Oswaldo deixa Sport com baixíssimo índice de aproveitamento

Técnico dirigiu o Rubro-Negro em 34 partidas, somando apenas nove vitórias; foram nove empates e 16 derrotas

Futebol Nordeste POR Futebol Brasileiro
Estreia de Oswaldo foi na final do Pernambucano, contra o Santa Cruz (Foto: Williams Aguiar / Sport)
Estreia de Oswaldo foi na final do Pernambucano, contra o Santa Cruz (Foto: Williams Aguiar / Sport)

Oswaldo de Oliveira chegou ao Sport em maio desta temporada, logo após a eliminação da equipe na Copa do Nordeste, que resultado na demissão do até então treinador Paulo Roberto Falcão. A estreia foi logo no jogo de ida das finais do Campeonato Pernambucano, quando viu seu time ser derrotado para o Santa Cruz por 1 a 0.

Sport e Ceará são os times nordestinos melhores classificados em nossa pesquisa. Clique e ajude o seu clube a subir na tabela!

Depois disso e da confirmada perda do título estadual, Oswaldo teve a missão de comandar o clube em duas competições: Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana. Em ambas, não obteve sucesso.

No torneio internacional, viu, mais uma vez, o Rubro-Negro sucumbir diante do maior rival e ser eliminado ainda na fase brasileira do certame. Empate sem gols no primeiro duelo e derrota por 1 a 0 na volta, com direito a gol sofrido depois dos 40 minutos do segundo tempo.

Já no Brasileirão, o Leão não conseguiu convencer e nem embalar. Apesar da má campanha, o comandante teve o respaldo da diretoria, que confiou em seu trabalho até o final. Mas parece que o técnico acreditava menos que os dirigentes em seus resultados com a equipe ao final de 2016.

Irregular, o Sport viveu um bom momento no meio da competição, quando ficou seis partidas invicto, dando boa arrancada na tabela de classificação. Porém, nada que fosse suficiente para afastar o perigo de um rebaixamento à Série B.

Em 30 jogos no torneio nacional, foram nove vitórias, sete empates e 14 derrotas. Somando um aproveitamento total de apenas 37,8%.

Algo muito significativo na fase do Rubro-Negro, que está em 16º, é o desequlíbrio entre sistema defensivo e ofensivo. Apesar do bom número de gols marcados (39), o time sofreu 48 gols, sendo uma das piores defesas do Campeonato Brasileiro.

Oswaldo de Oliveira deixa o comando do Sport com 34 partidas à beira do campo. Foram nove triunfos, nove empates e 16 reveses. Um total de 32,3% de aproveitamento.

A cobertura completa do futebol nordestino você encontra nesta quarta (12), nos canais Esporte Interativo.

Sem pressão! Oswaldo de Oliveira comenta trabalho no comando do Sport:


Notícias

Futebol Nordeste

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP
;