Melhor Futebol do Mundo

Nationalelf enfreta a República Tcheca em Hamburgo

Pela vaga na Copa de 2018 na Rússia, a equipe do técnico Joachim Löw marca presença na Arena HSV

Melhor Futebol do Mundo POR Melhor Futebol do Mundo
MARSEILLE, FRANCE - JULY 07: Julian Draxler (L) of Germany and his team mate Thomas Mueller console each other after defeat in the UEFA EURO semi final match between Germany and France at Stade Velodrome on July 7, 2016 in Marseille, France. (Photo by Alexander Hassenstein/Getty Images)
(Foto: Getty Images)

Por Fátima Lacerda*

Os jogadores alemães vem jogando num ritmo alucinado desde janeiro deste ano com os jogos valendo uma vaga na Eurocopa. Depois do início do Campeonato Alemão, o ritmo continua pauleira: nos fins de semana jogos da Bundesliga e terças ou quartas jogos da Liga dos Campeões, Europa League ou Taça da Alemanha. No intermeio disso tudo, treino, treino, viagem e mais treino.

Que campeonato europeu você gostaria de ver no Esporte Interativo? Clique e nos conte!

Ratificando seu estilo comedido, ao mesmo tempo que não deixa nada ao acaso, Löw deu folga para a equipe na terça-feira (04), mas, claro, na coletiva de quinta-feira (06), esse foi o primeiro tema dos jornalistas. Por que deu folga pro grupo?, perguntavam os jornalistas ávidos por uma explicação para um fato tão inusitado.

Outros países, outros costumes

Depois da vitória de 5 x 0 contra a Bolívia, o técnico Tite deu dia de folga para Neymar e companhia. Isso resulta somente numa menção na mídia brasileira. Algo totalmente infactível seria se algum jornalista questionasse essa decisão que, aliás, nem é um tema. Mas não para os jornalistas alemães, que não deixam passar nada em branco.

Na coletiva de imprensa da tarde de sexta-feira (07), na qual apareceu em companhia de Sami Khedira, com a rotineira calma de um monge tibetano, Löw explicou:

“Eu notei que depois do torneio no verão (Eurocopa) e depois de algumas sucessivas Semanas inglesas (se referindo ao ritmo de jogos que regem na Premiere League) eu notei que um ou outro jogador precisava de um dia de folga a mais. Eu abdiquei de um treinamento, mas a equipe estará preparada para o jogo de amanhã (08), independentemente do abdicar de um dia de treino”, disse Löw em discurso de quem sabe lidar com a imprensa e delinear as respostas do jeito que ela quer ouvir, ao mesmo tempo que não da ponto sem nó.

Enquanto a equipe está de folga fazendo comprinhas ou simplesmente jogando videogame no quarto do hotel da concentração, Jogi está reunido com a equipe técnica alinhavando cada detalhe da partida que está pra vir.

Ratificando seu discurso igualmente coerente e bem pensado, ele tranquilizou: Eu tenho certeza de que o abdicar desse treinamento foi a decisão certa para que os jogadores entrem em campo, no sábado, cheios de gás.

Sami Khedira, que constantemente vem aprimorando sua imagem e é cada vez mais respeitado pela mídia, ratificou o discurso de Löw: Quando você tem um ritmo de jogo de 2-3 dias no teu time e que não são amistosos, mas jogos que te exigem muito, na Bundesliga, na Pokal, e na CL você vai ficando exausto e compromete a concentração.

A Nationalef necessita de total concentração para o jogo de sábado (08) contra a Republica Tcheca, na cidade de Hamburgo, e para a terça-feira (11) contra a Irlanda no Norte, em Hanôver.

Sobre o adversário

Essa equipe não é somente sinônimo de não deixar o adversário jogar, mas também de um jogo ofensivo. A gente conhece a ideia do que é o futebol da República Checa, declarou o técnico com a autoestima e confiança de sempre: O plano nas duas partidas (R. Tcheca e Irl. do Norte) é contabilizar 6 pontos. E arrematou: O foco principal é usar as chances de gol. Löw declara também, que está seguro de que esse adversário sera, neste grupo, o que mais exigirá de nós. A Alemanha está no Grupo C, que inclui além da Rep. Tcheca e Irl. do Norte, o Azerbaijão, a Noruega e San Marino.

Sobre o queridinho Joshua Kimmich

Ele é um jogador bem flexível para diferentes posições. Vale lembrar que devido à atuação de Kimmich durante a Eurocopa, diversos clubes botaram o olho no atual jogador do do FC Bayern.

Khedira também não poupou elogios ao jovem colega:

“Eu me alegro muito por ele (estar jogando na Fontinale). É muito bom para toda a equipe quando jogadores jovens vêm agregar, estão cheios de energia e gana para jogar. Ele (Kimmich) é um cara sensacional”.

MARSEILLE, FRANCE - JULY 07: Joshua Kimmich of Germany looks on during the UEFA EURO 2016 semi final match between Germany and France at Stade Velodrome on July 7, 2016 in Marseille, France. (Photo by Alexander Hassenstein/Getty Images)
(Foto: Getty Images)

Sobre o meio campo

“Eu prefiro quando há uma grande concorrência para uma única posição. Talvez haja num futuro próximo uma dobradinha Gündogan e Khedira”, declarou Löw. Mas como Gündogan sofreu lesão no joelho enquanto treinava no campo do Borussia Dortmund, ainda está sem ritmo de jogo e, por isso, no jogo contra a República Tcheca, a aposta será na dobradinha Kroos e Khedira, mas afirma que no jogo contra a Irlanda do Norte (11) Gündogan poderia jogar desde o início.

O que melhorar?

Um ponto muito importante é a situação do ataque. Mas precisamos encontrar um equilíbrio numa mistura entre posse de bola e contra-ataque, declara Löw. Como exemplo desse tipo de jogo, Khedira cita o jogo do Borussia Dortmund. Porém, o BVB não deve ser um exemplo, mesmo porque, se ele assim se pronunciasse se colocaria no lugar do treinador e isso é inaceitável, e Khedira sabe bem disso. Mas de toda a forma, o recado estava dado.

O futuro de Löw

Essa é bem a cara da imprensa alemã: sofrer por antecipação por conta dos juros de uma fatura que pode nunca pintar.

Entenda: Joachim Löw tem contrato assinado com a Federação Alemã de Futebol (DFB na sigla) até 2018, depois da Copa na Rússia. Como bandeira pouca é bobagem e a imprensa alemã tem uma veia masoquista, Löw foi perguntado, na coletiva pré-jogo em Hamburgo, quando ele irá renovar seu contrato. E o técnico budista com paciência de um monge, respondeu curto, seco e solícito: As negociações acontecerão no tempo propício.

Com essa resposta Löw, mais uma vez, brilhou na tática. Por que? Toda a imprensa sabe que o chefão da DFB, Rainer Grindel, prefere renovar o contrato de Löw antes hoje do que amanhã, como diz um ditado popular. Löw vai deixando-o na geladeira até ele decidir a hora de iniciar. Löw gosta de dar as cartas. Quando Theo Zwanziger presidia a Federação, a renovação do contrato de Löw virou um circo indigno e um espelho da gestão (para dizer ao mínimo) atrapalhada de Zwanziger. O técnico da Nationalelf que neste ano completa 10 anos no cargo, aprendeu a lição e o perrengue e constrangimento frente á imprensa e à opinião pública jamais irá se repetir. Zwanziger ficou no passado e ainda com o nome sujo por estar envolvido no esquema de compra da Copa de 2006 na Alemanha. E o atual chefão da Federação, Grindel, tem Löw como seu trunfo principal junto ao campeonato mundial, e com perfeita ciência, saberá tirar capital disso na hora em que ele decidir.

Sobre o clima no estádio na noite de sábado

Arrematando a coletiva com um clima tamo de boa, Löw disse que está na expectativa do clima no estádio de Hamburgo.

*De Berlim, em colaboração com o Esporte Interativo

Trazendo tudo o que acontece de mais importante no futebol internacional, o Melhor Futebol do Mundo vai ao ar de segunda a sexta, a partir das 10h (horário de Brasília).


Notícias

Melhor Futebol do Mundo

Programação da TV

Fundamos o Esporte Interativo em 2007 para ser uma empresa dedicada a produzir e distribuir conteúdo esportivo em múltiplas plataformas e para estar perto do apaixonado por esportes, onde ele estiver. Por isso, falamos com a linguagem do torcedor, com paixão e emoção. Foi assim que escolhemos e nos orgulhamos dessa decisão, em todas as mídias que estamos presentes.

© 2014 ESPORTE INTERATIVO. Todos os Direitos Reservados.

Powered by WordPress.com VIP
 ;